Publicado em Artigos, Pessoal, Reflexão

Papa: “Dignidade mais profunda do homem é ser ‘criança de Deus'”


O Papa teve seu primeiro encontro público de 2012 com os fiéis na manhã desta quarta-feira, na Sala de audiências Paulo VI, no Vaticano.

Bento XVI saudou os peregrinos e fez sua catequese em várias línguas, inclusive em português. Ele começou fazendo votos a todos de um ano novo repleto de alegrias e explicando alguns aspectos próprios das festividades de Natal.

“A primeira reação diante do extraordinário evento de Deus que se faz criança é a alegria, que surge da contemplação do rosto desta criança humilde, porque sabemos que é o rosto de Deus, que estará para sempre presente em nossa humanidade”.

O Pontífice prosseguiu discorrendo: “A teologia e a espiritualidade do Natal indicam este mistério como um ‘admirável intercâmbio’ entre Deus e o homem: o Verbo assume nossa humanidade e a natureza humana, por sua vez, eleva-se à dignidade divina. E é na Eucaristia que se concretiza realmente esta ‘troca’”.

“Natal é alegria porque Deus é o bem, a verdade, o caminho do homem; revela ao homem a sua dignidade mais profunda: a de ser criança de Deus” – prosseguiu Bento XVI.

A Liturgia nos ensina ainda – e o Papa o expôs – que o Natal é “uma festa de luz”. A chegada de Cristo dissipa as trevas do mundo e o esplendor de Deus se reflete nos rostos dos homens:

“Deixemos que a luz de Cristo ilumine nossos corações e almas, na festa da Epifania, que celebraremos daqui a alguns dias, tomemos consciência de nossa missão e responsabilidade de testemunhar ao mundo a luz do Evangelho”.

Estas foram as palavras do Papa em português:

“Queridos irmãos e irmãs,

É com grande alegria que vos recebo nesta primeira Audiência Geral do novo ano. Estamos no tempo litúrgico do Natal. Por isso, gostaria de tratar hoje de alguns temas particulares desta celebração. Primeiramente, do tema da alegria. De fato, a alegria é a primeira reação diante da extraordinária ação de Deus que se faz homem. Esta alegria nasce da admiração de ver que Deus age na história permitindo-nos contemplar o Seu rosto ao olhar para aquele menino humilde. Outro tema característico deste tempo é o chamado “admirável intercâmbio”, ou seja, que o Filho de Deus se fez homem para nos tornar filhos de Deus. Por fim, está o tema da luz. “Com efeito, a liturgia natalina está toda permeada de luz: a vinda de Cristo dissipa as trevas do mundo, difundindo no rosto dos homens o esplendor de Deus Pai, convidando-nos a receber esta luz e levá-la aos demais”.

“Queridos peregrinos de língua portuguesa, sede bem-vindos! O Natal é um convite a contemplar no Menino Jesus o Mistério de Deus que se faz homem na humildade e pobreza, e, sobretudo, a acolher em nós mesmos este Menino, que é o Cristo Senhor, para fazer com que os seus sentimentos, pensamentos e ações sejam também os nossos. Portanto, sede portadores da alegria, novidade e luz de Deus manifestadas no Natal. De todo o coração, desejo-vos um Ano Novo abençoado!”.

Como todas as quartas-feiras, o Pontífice terminou a audiência concedendo a todos a sua benção apostólica.

Fonte: Rádio Vaticano
Local:Cidade do Vaticano

Publicado em: Catolicanet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s