Publicado em Pessoal, Reflexão

O meu bem…


O meu bem é como nuvem de paz, lugar de anjo descansar. O meu bem é o barulho de chuva no teto, que faz a gente dormir em par. O meu bem é a minha música preferida de Caetano que me faz cantar. O meu bem é a minha verdade tão nua e crua, quem pode negar? O meu bem é o mar que banha o meu corpo. É a areia que me gruda os pés e vai comigo a onde eu for. O meu bem é o meu roteiro, o mapa escrito de estrelas pelas mãos do criador. O meu bem é a linha das minhas mãos. É as minhas digitais impressas por todo o seu corpo, para ele nunca mais negar que eu estive por ali. O meu bem é aquele pássaro azul que voa todos os dias o frio do sul. Que traz na ponta do bico as cores do inverno pra congelar toda a dor. Ele é milagre que bate suas asas pra também me trazer o sol quando amanhecer. O meu bem me traz todas as flores do mundo no seu sorriso, e quando a boca do meu bem brinca de Bem me quer com a minha, ele faz todo o meu corpo primaverar. O meu bem me faz viver só vivendo. Me faz sonhar só sonhando. Esse passarinho eu quero voando o mundo todo, mostrando suas belas penas e asas que o amor o deu. Quero que ele mostre a todos o milagre que o amor fez a uma mulher como eu. O meu bem ainda não entendeu que pra me fazer feliz, só o basta existir. Que eu quero o ver sobrevoando a minha casa todos os dias, e que ele cante na minha janela todas as manhãs, porque eu o preciso, eu o amor e eu o adoro a ponto de deixar que outros também vejam as suas cores, mas confiar que ele só faz verão se estiver comigo. – Hannah Reis

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s