Sem medo de ser feliz


“Não tenho culpa se meus dias têm sido completamente coloridos e os outros cismam em querer borrar as cores. Não tenho culpa se meu sorriso é de verdade e acontece por motivos bobos, mas bem especiais. Não tenho culpa se meus passos são firmes. Não sou perfeita… Eu tropeço e caio de vez em quando, aliás, eu caio muito. Meus olhos… Têm brilhado bem diferente ultimamente. E brilham diferente a cada dia… e começo a me preocupar… pois tenho medo da velocidade dessas alterações… E no meu mundo mais lindo e completo não consigo entender a existência de algumas pessoas. Mas o mundo aqui não é dos mais justos mesmo… Compreendo, mas mesmo assim, eu tenho bastante lápis de cor… e empresto pra quem quiser colorir um pouco a vida. Mas por favor… Não tentem borrar a minha… vão perder tempo….”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s